Fejet orienta academias de judô acerca de retorno gradual das atividades no esporte

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
14/07/2020 17h09
0 Comentários

Com a percepção de que diversos setores, tanto profissionais quanto comerciais e esportivos, têm retomado, gradativamente, as atividades presenciais, a Federação de Judô do Estado do Tocantins (Fejet), para evitar que a volta dos treinamentos nas academias tocantinenses ocorra de maneira desordenada, transmitiu uma série de orientações para que medidas de segurança contra a pandemia sejam rigorosamente cumpridas.

Além de um protocolo de procedimentos que atendem às demandas preventivas da vigilância sanitária, documento este que deverá ser afixado em lugar visível nas academias, a Fejet, por meio da coordenação técnica da entidade, também disponibilizou um cartaz com informações didáticas para os alunos. Ambos os documentos foram inicialmente formatados pela equipe Judô Nipo, de Palmas, que os forneceu à Federação, seguindo um dos pilares do Judô, o Jita kyoei; ou seja: o princípio da prosperidade e benefícios mútuos.

Dentre as medidas de prevenção que visam reduzir o risco de contaminação por Covid-19 estão, dentre outras, a prática sistematizada de desinfecção e de limpeza de toda a academia; o uso de máscaras durante o treinamento; a limitação do número de praticantes por horário; e o distanciamento entre estes sobre o tatame. É válido esclarecer, ainda, que os procedimentos poderão ser revisados e atualizados conforme novos conhecimentos ou boletins oficiais que vierem a ser publicados sobre o combate à pandemia.

Sobre a natural ansiedade de toda a comunidade judoísta tocantinense de voltar aos tatames, o presidente da Fejet, Luiz Sérgio Papa, afirma que, por mais que a prática do Judô possa ser realizada de maneira segura se feita sob aplicação das orientações transmitidas, todo cuidado nunca será excessivo, pois ainda não há uma perspectiva de quando a pandemia de Covid-19 será controlada.

“É mais do que compreensível que os atletas estejam ansiosos pela volta aos treinos no formato que eram antes, focados apenas nos aprimoramentos técnicos, físicos, mentais. Neste período, entretanto, seria uma erro terrível ignorar que temos de focar, também, na luta contra o novo coronavírus, este grande mal que tem assolado o mundo inteiro. Por isto, para conciliar a vontade de retomar os treinos com as orientações preconizadas pelos órgãos de saúde competentes em prevenção à Covid-19, as academias, caso já queiram voltar à ativa, deverão fazê-lo seguindo tudo o que está disposto nos documentos encaminhados pela Fejet a cada uma delas”, enfatiza o Sensei Papa.

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.