Anvisa viaja à China para conhecer fábricas das vacinas de Oxford e CoronaVac

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
13/11/2020 17h23
0 Comentários

Em missão para inspecionar as fábricas das possíveis vacinas contra a COVID-19, agentes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) embarcam nesta sexta-feira (13) rumo à China. Entre os dias 30 de novembro e 11 de dezembro, a equipe de inspetores iá conhecer e avaliar os laboratórios responsáveis pela produção tanto dos insumos da vacina de Oxford, desenvolvida em parceria com a AstraZeneca, quanto da CoronaVac, feita pela farmacêutica Sinovac com parceria do Instituto Butantan. 

A viagem tem como objetivo analisar se as empresas cumprem os requisitos necessários para o registro de vacinas contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) no Brasil, desde que as pesquisas em desenvolvimento indiquem a eficácia e segurança dos imunizantes. "A certificação das boas práticas de fabricação é requisito indispensável para eventual registro das vacinas contra COVID-19 que utilizam insumos produzidos nessas instalações", explicou a Anvisa, em nota.

Os agentes irão avaliar as instalações da Sinovac Life Sciences Co., em Pequim, entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro. 

Seguindo a agenda dos funcionários da Anvisa, entre os dias 7 e 11 de dezembro, estarão na cidade de Wuxi, ainda na China. Lá, inspecionarão a Wuxi Biologics, que produz os insumos para a vacina de Oxford. Para este imunizante, o governo brasileiro já firmou acordo com a farmacêutica responsável, a AstraZeneca, para importação e aquisição de insumos que garantirão a fabricação da vacina no Brasil.

Fonte: Anvisa e Agência Brasil  

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.