Impresso em: 25/09/2021 06:13:46
Fonte: http://jaciarabarros.com.br/noticias-19081-novos-rumos-do-agronegocio-tocantinense-sera-debatido-na-agrotins-2021-100-digital.html

Novos Rumos do agronegócio tocantinense será debatido na Agrotins 2021 100% Digital

11/06/2021 16:47:44

Juliano Ribeiro

A Feira Agrotecnológica do Tocantins - Agrotins 2021 100 % Digital inicia os debates, na próxima terça-feira, 15, às 15h55, focado no tema Novos Rumos do Agronegócio Tocantinense. A feira virtual que tem como tema central Agro 4.0 – Tecnologia no Campo inicia na terça-feira, 15, e encerra na sexta-feira, 18, na plataforma: agrotins.to.gov.br.

A live terá a participação do secretário de Estado da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Jaime Café; do secretário Nacional de Política Agrícola, César Halum; do produtor de soja e presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado do Tocantins (Aprosoja), Dari Fronza; e do presidente da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Cooapa), Ricardo Khouri.

O engenheiro agrônomo da Seagro, Thadeu Teixeira Júnior, participará do debate como moderador e adianta alguns assuntos a serem discutidos. “Vamos falar sobre os recursos do plano safra 2021/2022; seguro rural; evolução do agronegócio tocantinense, principalmente o crescimento da produção agrícola, tanto em área como na produtividade, que a cada ano mostram excelentes rendimentos; as novas tecnologias que estão sendo inseridas na produção agropecuária tocantinense, entre outros”.

Para o presidente da Aprosoja, Dari Fronza, o Tocantins é promissor e vem se consolidando, ano após ano, na agricultura e na pecuária, sendo que a expectativa é de expansão do agronegócio. “Um fator importante é a logística de escoamento da produção, ferrovias, hidrovias e, em um futuro próximo, as hidrovias. Tudo isso resulta no crescimento do setor”.

O presidente da Cooapa, Ricardo Khouri, explica que a temática a ser debatida reforça o potencial evolutivo das cadeias produtivas do agronegócio, principalmente a produção de grãos. “A produção de milho, por exemplo, é uma atividade econômica viável na produção de ração animal, frango, suíno e até mesmo para os grandes confinamentos de bovinos. Temos também a agroindústria tocantinense que cresce a passos largos”, ressalta.