Impresso em: 25/09/2021 06:21:34
Fonte: http://jaciarabarros.com.br/noticias-18173-desvio-de-septo-acomete-80-da-populacao-mundial.html

Desvio de septo acomete 80% da população mundial

05/02/2021 11:36:52

Respirar sem pressa ou ansiedade, puxar o ar pelo nariz e soltá-lo lentamente pela boca. A sequência até pode fazer parte de exercícios respiratórios dentro da meditação, que proporcionam a concentração. O que não pode é respirar pela boca, algo totalmente errado. De acordo com dados da Associação Americana de Otorrinolaringologia, 80% da população apresenta algum grau de desvio de septo. Mas o que seria isso?  


O médico otorrinolaringologista, Wilian Mattos, explicou que “o desvio de septo nasal é uma tortuosidade na anatomia, que pode interferir no ato de respirar por longos períodos de tempo. O que se espera é que o nariz tenha as duas cavidades com o fluxo adequado de ar, mas nem sempre é o que acontece”.  


Por isso, quando a respiração é bloqueada, muitos distúrbios para dormir começam a acontecer. A sensação de cansaço fica evidente, assim como dificuldade de concentração e desempenho nas atividades. É preciso estar atento.  


Além disso, o otorrino destacou os principais sintomas, que são dor de cabeça, ronco e até sangramento nasal. “A dificuldade para respirar é um dos principais indícios do problema. Até pela questão do nariz entupido. Nestes casos, existe um incômodo, prejuízos para a saúde. E o que mais queremos hoje em dia é qualidade de vida e cuidado com a saúde, ainda mais em tempos de pandemia”, disse. 


Recomendações 
Podendo ocorrer em qualquer fase da vida, o desvio de septo pode ser corrigido cirurgicamente. “Além do desvio é preciso identificar se existem outros fatores que podem vir a causar a obstrução nasal. É preciso ficar atento e redobrar também o cuidado com a prática dos esportes que podem causar distorções no septo e evitar que aconteçam acidentes”, alertou Wilian Mattos.