Projeto visa o controle de natalidade de felinos

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
22/01/2019 12h16
0 Comentários

Uma iniciativa da equipe do Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen) chamou a atenção da Associação Miaul e da Clínica Veterinária Medicão. Devido ao número de felinos circulando e até morando no prédio do laboratório, a equipe decidiu fazer um projeto com o objetivo de controle de natalidade desses animais.

Para colocar em prática o projeto, a equipe buscou a parceria da Associação Miaul. “Nós estamos apoiando com a alimentação e o acompanhamento desses felinos, e conseguimos ainda o apoio da Clínica Medicão para realizar o procedimento de castração dos animais”, explica a fundadora da Associação, Priscila Guardiola.

Cerca de 20 animais foram capturados e levados até a clínica. “Por ser um prédio público e ainda um laboratório, não tem como hospedar esses animais no local, pois estaríamos colocando em risco a vida deles e ainda podendo causar a contaminação dos exames”, comenta o engenheiro ambiental do Lacen, Cassius Gariglio.

A castração está sendo realizada pelo médico veterinário Espedito Pereira Lima. “A castração dos animais é a forma mais eficiente de controlar a natalidade desses que vivem nas ruas. O procedimento é simples, requer apenas que o animal esteja em boas condições de saúde e dura em média 40 minutos. A recuperação é rápida, apenas um dia no caso dos machos e uma média de sete dias para as fêmeas, com a retirada dos pontos”, esclareceu Espedito.

O próximo passo do projeto será a realização de uma feira de adoção para esses animais. “Estamos organizando para que a feira aconteça na segunda quinzena do mês de fevereiro, para que haja tempo de castração e recuperação de todos os animais capturados”, destaca Guardiola.

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.