Mostra de decoração traz temática inédita do universo sertanejo em Goiânia

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
16/06/2021 17h42
0 Comentários

Depois de três edições bem sucedidas em Anápolis, Goiás, a Mostra Kzulo de Arquitetura, Decoração, Design e Paisagismo, acontece pela primeira vez em Goiânia e vai  abordar o tema “Cultura Sertaneja”, tão popular no Brasil e muito arraigada em Goiás e em sua história. Para isso, esse universo e seus artistas terão, literalmente, espaços dedicados a eles na mostra. O evento está agendado para acontecer entre os dias 15 de outubro e 15 de dezembro de 2021 em uma ampla e charmosa casa da Rua T 33, no Setor Bueno, de propriedade da Enec Engenharia. 

 

Cada arquiteto terá como missão, contar a história de um artista sertanejo utilizando como ferramentas móveis, objetos de decoração, tecidos, cores e muito bom gosto. Mas como o universo sertanejo não vive só de música, alguns ambientes “falarão” sobre a cultura que circunda esse mundo que se destaca também pela religiosidade, gastronomia, moda e outras formas de arte e modo de viver. 

 

Dentro da proposta da Mostra Kzulo 2021, a Casa de Apoio São Luiz foi escolhida para ser palco de uma ação de responsabilidade social que vai revitalizar dois ambientes que receberão projetos assinados pelo arquiteto Lucas Fasi. A instituição é muito querida pelos goianos por se tratar de um resgate de sua história e uma homenagem ao cantor Leandro, que  travou uma luta contra o câncer, que causou seu falecimento em 1998. Além disso, o Leonardo será um dos homenageados da mostra. Além do casal Zé Felipe e Virgínia Fonseca.  

 

A diretoria da mostra segue otimista que o cenário pandêmico vai se resolver com a vacinação que está correndo em todo País, e acredita que, na data, será possível promover uma bela festa com toda segurança sanitária possível.  “Estamos animados com a evolução da vacinação contra Covid-19, e acreditamos que no segundo semestre os eventos estarão a todo vapor”, declara Joseane. 

 

A Mostra Kzulo surgiu em 2017 e revolucionou a cena local de Anápolis, que ainda não possuía nenhum evento voltado para  a arquitetura. O sucesso da primeira edição, realizada em uma residência projetada por ninguém mais ninguém menos que Oscar Niemeyer, deu fôlego para outras duas edições, que nos anos de 2018 e 2019 contou as histórias da família de Antônio Luiz de de Pina e a comunidade árabe, respectivamente, muito importantes para a cidade.

 

 “Quando decidi fazer a mostra em Anápolis, me ancorei no fato da cidade ter uma economia forte e universidades que formam profissionais tanto de arquitetura quanto de engenharia. O evento foi muito bem recebido e acolhido por essas pessoas e as edições seguintes foram inevitáveis”, pontua Joseane Pereira, diretora geral e fundadora da Kzulo. 

 

O ano de 2021 marca a expansão da Mostra Kzulo para um novo patamar, além de chegar em Goiânia, uma edição especial se estende também para a cidade de Marabá, no Pará, onde o tema será Riquezas do Pará, remetendo à força da mineração na região.  “Esse é um passo importante que a Kzulo dá para entrar de vez no calendário oficial do País como um dos eventos mais importantes para os segmentos de decoração e arquitetura”, diz.  

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.