Não sofra por não saber de tudo - Marketing Digital por Wanja Nóbrega

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
23/07/2021 11h09
0 Comentários

Não faz tanto tempo assim que as fontes de informações eram limitadas: livros, ensaios técnicos e matérias jornalísticas, publicadas num número limitado de veículos de imprensa (TV, rádio, jornal, revista).

Mesmo assim, já era difícil ficar a par de tudo que acontecia.

Hoje, com o advento da internet, é impossível saber de tudo.

Mesmo quando se tem interesse em um único tema, o número de informações vindas de variadas fontes, torna a absorção de tantas informações uma missão angustiante e, invariavelmente, frustrante.

Um exemplo: tenho um amigo que tem muito interesse no povo judaico, desde a religião, aos hábitos, tradições, crenças, etc. Aproveitou o isolamento social e começou a buscar informações sobre o tema. Está pirando o cabeção porque não consegue ordenar as informações e acaba acessando sites que pouco contribuem, outros com conteúdos muito rasos e poucos com conteúdos sérios. 

Mesmo buscando conteúdos pagos, ele não consegue achar nenhum que tenha um compilado de informações sob medida para suas necessidades.

E isso acontece com qualquer assunto, qualquer tema, qualquer conhecimento que se busque no imenso mundo virtual.

E quando os interesses são variados, a coisa fica ainda mais complicada.

Sem contar que mesmo fazendo uma imersão nos temas de seu interesse, seja por motivos pessoais ou profissionais, não se pode abrir mão de continuar absorvendo informações sobre o mundo em que vivemos.

Não dá para deixar as notícias de lado, afinal elas são nossa ligação com o mundo e decisivas para determinar nossos posicionamentos diante deste.

E ainda tem aquela quase necessidade de ficar xeretando a vida dos famosos ou rindo dos memes nas redes sociais.

Isso tudo começa a se tornar um problema quando o mundo virtual começa a ganhar cada vez mais espaço e, sem perceber, as horas que passamos olhando para as telas vão aumentando.

A primeira coisa que você precisa fazer para evitar frustração é entender que não dá para saber de tudo e que conhecimento é compartilhado. Então, o que ainda não sabe pode ser aprendido numa roda de conversa com alguém que já sabe.

Além disso, hierarquizar interesses também é uma ótima maneira de evitar ficar sobrecarregado com informações sobre assuntos que não lhe trarão nenhum benefício.

É muito bom ter interesses variados e buscar informações novas. Isso mantém a mente ativa. Mas, não atire para tudo quanto é lado, especialmente se sua busca for por conteúdos relacionados ao trabalho ou a alguma atividade que pretenda transformar em fonte de renda.

Selecione uma meia dúzia (no máximo) de conteúdos que lhe interessam e cole uma nova informação por dia.

Lembre-se que muitos já apontaram o equilíbrio como o segredo da felicidade. Então, não deixe nenhum de seus interesses tomar de conta e monopolizar sua atenção.

E, o mais importante, escolha bem suas fontes. Seja para conteúdos do tipo faça você mesmo, de qualificação profissional, informativos ou noticiosos, o mais importante é que o responsável pelo conteúdo tenha autoridade e saiba do que está falando.

 

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.