Porque a menopausa causa tanto calor?

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
12/05/2022 14h16
0 Comentários

A menopausa é um processo biológico que ocorre como parte do envelhecimento da mulher. É caracterizada pela interrupção fisiológica dos ciclos menstruais devido ao fim da secreção hormonal dos ovários. Corresponde à data da última menstruação em consequência de falência ovariana definitiva. O diagnóstico clínico é realizado apenas retrospectivamente após 12 meses consecutivos sem menstruação.

Os sintomas muito comuns neste período são as ondas de calor, conhecidas como “fogachos”. “Caracterizam-se pelo início súbito de um calor intenso, que começa no tórax e progride para o pescoço e face, e que se acompanha frequentemente de ansiedade, palpitações e sudorese”, explica a Dra. Bruna Merlo, Ginecologista da HAS Clínica.

As alterações do padrão do sono também são queixas muito comuns relatadas pelas pacientes, principalmente a insônia. Outros sintomas bastante comuns são:

  • Aumento de peso;
  • Ressecamento vulvovaginal;
  • Alterações do humor (nervosismo, irritação, tristeza profunda e mesmo depressão);
  • Redução da libido (desejo sexual).

“Com o fim da menstruação, há uma diminuição na produção dos hormônios sexuais femininos, o que pode resultar em uma série de mudanças no corpo da mulher, sentidas a curto, médio e longo prazos. A maioria das mulheres poderão apresentar alguns dos sintomas descritos acima durante esse período, contudo, aproximadamente 20 % das mulheres são assintomáticas” diz a Dra. Merlo.

Já o climatério é a fase da vida em que ocorre a transição do período reprodutivo ou fértil para o não reprodutivo, devido à diminuição dos hormônios sexuais produzidos pelos ovários. “Portanto, a menopausa é um evento dentro do climatério, e representa a última menstruação da vida da mulher”, completa a ginecologista da HAS Clínica.

Como parte dos esforços terapêuticos para a minimização dos sintomas e desconfortos gerados pela menopausa, está a terapia hormonal. Essa deve ser parte de uma estratégia global de tratamento, que inclui também recomendações para a modificação dos estilos de vida (dieta, e exercício físico) e deve ser individualizada e adaptada aos sintomas, bem como a história pessoal e familiar, e às preferências e expectativas da mulher. A terapia de reposição hormonal pode ser administrada na perimenopausa (período que antecede a menopausa), e na pós-menopausa.

Quanto aos exames de rotina da mulher para esse período, vale lembrar que a recomendação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rotina deve ser feita entre os 50 e os 69 anos; e em relação ao exame de Papanicolau, o início da coleta deve ser aos 25 anos de idade para as mulheres que já tiveram atividade sexual, e devem seguir até os 64 anos, e serem interrompidos quando, após essa idade, as mulheres tiverem pelo menos dois exames negativos consecutivos nos últimos cinco anos. 

A Dr. Bruna completa essa recomendação explicando que a idade que as pacientes costumam entrar no período de menopausa é entre os 45 a 55 anos, em média. “Assim, a decisão sobre a realização dos exames de mamografia, e Papanicolau deverá ser individualizada, e conversada com o médico ginecologista”.

Uma dúvida muito comum entre as mulheres é sobre a vida sexual nesse período. É possível sim ser sexualmente ativa após a menopausa, contudo, a queda na libido é uma queixa comum no climatério, pois, com a alteração dos níveis hormonais, é comum ocorrer a diminuição do desejo sexual.  

“A recomendação é buscar atenção personalizada para cada caso e identificar corretamente as causas da baixa libido. Para o alívio dos sintomas da atrofia genital (ressecamento vaginal), por exemplo, existem tratamentos como o laser vaginal e os cremes hormonais. A fisioterapia pélvica é outra aliada quando o assunto é sexualidade, e reforço do assoalho pélvico”, finaliza a médica da HAS Clínica.

 

HAS CLÍNICA*

*Visando ainda mais qualidade no atendimento aos seus pacientes, o Hospital Albert Sabin (HAS) anuncia que o Consulta Aqui passará a se chamar HAS Clínica.

O HAS Clínica* é um centro de especialidades orientado para a saúde integral: prevenção, atenção primária e promoção da saúde, visando garantir que o paciente assuma o protagonismo da sua qualidade de vida.

A clínica oferece mais de 20 especialidades médicas, com os melhores profissionais prontos para atender consultas de rotina, cirurgias e demais procedimentos necessários para cuidar da saúde dos seus pacientes com qualidade e excelência.

Cumprindo os mais rígidos protocolos de higienização e segurança, o HAS Clínica é totalmente integrado ao Hospital Albert Sabin, referência em saúde na Zona Oeste da capital paulista.

A transformação da unidade Consulta Aqui em um centro de especialidades com atendimento ambulatorial e sob a mesma administração da marca HAS é uma decisão estratégica que visa criar uma identidade única para o Hospital Albert Sabin e oferecer maior conforto e eficiência aos seus pacientes.

Além de integrar valor como um importante serviço na atenção integral da saúde de seus clientes, o HAS Clínica também adaptará suas instalações em sintonia com a arquitetura do hospital, tornando-a mais atrativa para os pacientes, seu corpo clínico e utilizando o que existe de mais moderno em equipamentos hospitalares na atualidade.

Os pacientes do HAS Clínica* encontrarão um centro médico humanizado, com retaguarda hospitalar completa e uma equipe multidisciplinar da mais alta qualificação para recebê-los com toda a tenção e cuidado.

Endereço:

Rua Barão de Jundiaí, 485 – Lapa - São Paulo – SP

Central de atendimento:  (11) 3838 4669

Site*:  http://www.consultaaqui.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/has_clinica/ 

Agendamento on-line: https://app.agenda.globalhealth.mv/agendar/?key=hasabin 

Planos de saúde credenciados: 

ACM SÃO PAULO*- APCEF- AXA ASSISTANCE- ALLIANZ- BRADESCO- CABESP- CAASP*-CAU – SP*- CET- CRECI*- CRUZ AZUL- CARE PLUS- FUNDAÇÃO CESP- GAMA- GEAP-INTERMÉDICA- LIFE EMPRESARIAL- MAPFRE ASSISTÊNCIA- MEDISERVICE- PORTO SEGURO- SAESP*- SANTAMÁLIA- SÃO CRISTÓVÃO- SBC SAÚDE-SEPACO- SIND. DAS BORRACHAS- SISTEMA TOTAL DE SAÚDE- SULAMÉRICA

*Associados destas entidades, possuem 10% de desconto nas consultas médicas.

 

 

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.